Pagamento do cartão de crédito: O que muda por causa do coronavírus?

Quer saber o que muda por causa do coronavírus referente ao pagamento do cartão de crédito?

O coronavoucher foi uma das várias medidas que o governo vem tomando referente a ajuda financeira para que as pessoas de baixa renda consigam pagar suas contas e ir se virando até que tudo volte a normalidade.

Essa medida é uma espécie de auxílio emergencial durante o coronavírus que inicialmente iria ser de R$200,00 mas o senado conseguiu aprovar o valor de R$600,00.

Entretanto, uma das dividas que é a mais comum entre os brasileiros, o cartão de crédito, acabou ficando de fora, pelo menos até a data de hoje, dia 05 de abril de 2020.

Pensando nisso, nós resolvemos criar este texto afim de dar algumas dicas para quem tem que efetuar o pagamento do cartão de crédito, mas devido a epidemia acabou ficando com o orçamento curto para honrar todos os compromissos.

Você pode gostar de ler: Melhores cartões para ganhar milhas

Pagamento do cartão de crédito pode ser adiado por causa do coronavírus?

Até o momento não! Tanto o governo quantos as operadoras de cartão de crédito não se posicionaram sobre o adiamento do pagamento das faturas.

Entretanto se você passa por dificuldades em realizar o pagamento da sua fatura existe alguns caminhos que podem ajudar você a pagar a fatura sem correr o risco de ter o nome incluso no SPC Serasa.

Atualmente os juros praticados pelas operadoras de cartão de crédito passa dos 320% ao ano, ou seja, juros absurdos que só irão fazer com que você, caso atrase a fatura, aumentar ainda mais sua dívida.

Foi divulgado recentemente uma pesquisa pela confederação nacional do comércio de bens e serviços (CNC) que 78% das famílias que possuem dividas, tem dívidas no cartão de crédito e esse total de famílias endividadas no Brasil chega a 65%.

As dívidas vão ser prorrogadas pelos bancos?

Uma das medidas tomadas pelo governo federal e a febraban foi a prorrogação das dívidas pelos bancos para até 60 dias.

Porém o que se sabe até o momento é que as dívidas que vão ser aceitas a prorrogação são dívidas referente a empréstimos e financiamentos.

Para micro empresas foi acordado que tanto as dívidas com arrecadação de inss e pagamentos de alguns direitos trabalhista como 1/3 de férias poderiam ser prorrogadas para até 60 dias, que é o caso da arrecadação referente ao INSS e para o pagamento do 1/3 de férias, a prorrogação seria até o fim do ano.

Quais caminhos seguir para realizar o pagamento do cartão de crédito em dias?

Para realizar o pagamento do cartão de crédito e não correr o risco de ter seu nome incluso nós órgãos de proteção ao crédito, nossa a dica principal é buscar o refinanciamento da dívida.

É totalmente possível refinanciar sua dívida principalmente se você tem um bom relacionamento com a sua operadora de cartão de crédito.

Um bom relacionamento se dá basicamente pelo seu pode de compra e capacidade de pagamento.

Se você utiliza sempre o cartão e sempre paga sua fatura em dia, buscar o refinanciamento da dívida é sem dúvida o melhor caminho.

pagamento do cartão de crédito?

Pegar um empréstimo pode ser uma boa?

Nossa segunda dica, é buscar auxilio a um empréstimo pessoal para quitar a dívida.

Se você não conseguiu ou não achou interessante renegociar a dívida, a opção viável pode ser tentar um empréstimo para pagar a dívida.

Só lembrando que o juros cobrados por empresas de realizam empréstimos são menores que os juros do cartão de crédito.

Posso tentar o parcelamento da dívida para fazer o pagamento do cartão de crédito?

Sim você pode parcelar a dívida do cartão de crédito! Se você tentou refinanciar, tentou o empréstimo e nada disso deu certo, uma terceira opção é o parcelamento da dívida.

O parcelamento pode ser possível e mesmo parcelando a dívida, você ainda consegui continuar realizando compras conforme o limite disponível no cartão.

Nossa dica é atentar-se aos prazos e os juros embutidos no parcelamento, pois por ser uma opção de parcelamento da própria operadora do seu cartão, com certeza serão aplicados os juros e todos os encargos referente ao parcelamento.

Então, se o seu senário atual está relacionada as dívidas com cartão de crédito, tome cuidado, faça cursos de reeducação financeira, procure se organizar em relação aos gastos, faça uma planilha se possível.

Seguindo os passos que sugerirmos aqui, que são totalmente possíveis de serem feitos, você conseguirá realizar o pagamento do cartão de crédito em dias e com isso se livrar de uma dívida.

Cabe a você buscar uma das alternativas que eu falei acima e se livrar de vez das dívidas do cartão de crédito.

[simple-author-box]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.